A palavra “afrodisíacos” vem da deusa Afrodite, que remete a amor, sexualidade e mar, já que a maior parte dos alimentos afrodisíacos vem do mar. A nutricionista Natália Colombo fez uma lista com os alimentos que podem melhorar sua vida sexual.

*Esses alimentos são ricos em zinco, mineral fundamental para garantir os níveis adequados de um hormônio chamado testosterona.

A testosterona é responsável pelo desejo sexual em homens e nas mulheres, assim como pela ativação das redes neuronais do sistema nervoso que estimulam a atividade sexual (dependente ou não de estímulos externos).

O impulso sexual começa no cérebro, e os processos envolvendo neurotransmissores e hormônios (testosterona) são fundamentais para isso. Portanto, pessoas com alterações de neurotransmissores (como a serotonina, que esta muito envolvida nesse processo) têm maior dificuldade para ter desejo sexual, como por exemplo, indivíduos que sofram de ansiedade crônica ou depressão.

Nas mulheres:

Os níveis de testosterona nas mulheres se modificam com a idade, e começam a declinar de forma mais intensa a partir dos 40 anos.

Na menopausa, esse sintoma se intensifica, já que com a queda do estrógeno acontece uma queda ainda maior da testosterona.

Além disso, sem a circulação sanguínea adequada na região da vagina, a mulher não consegue ter prazer, portanto, alimentos que promovam a vasodilatação e estimulem a circulação são fundamentais.

Nos homens:

A deficiência de Zinco promove alteração nos níveis de testosterona.

Quanto maior o tecido adiposo, menor a produção de testosterona. Com o envelhecimento, é muito comum os homens apresentarem acúmulo de gordura, principalmente em região abdominal, o que faz com que a produção desse hormônio seja prejudicada.

Quando o fígado esta sobrecarregado, não acontece uma eliminação hepática adequada, o que também altera os níveis desse hormônio.

Sem circulação sanguínea adequada, não há ereção, portanto alimentos que promovam a vasodilatação e estimulem a circulação também são fundamentais para os homens.

Alimentos que Estimulam a Sexualidade:

Ostras – considerado um alimento afrodisíaco – são ricas em zinco. Garantem os níveis de testosterona adequados.

Ovos - Ricos em vitamina B5 e B6 que são importantes na produção hormonal. Estudos mostraram que eles melhoram a libido.

Aspargos - ricos em ácido fólico, que é um importante nutriente para a produção de esperma no homem.

Chocolate (cacau!) – considerado afrodisíaco – aumenta o desejo sexual e o prazer nas mulheres, além de aumentar a produção de neurotransmissores, como a dopamina, serotonina e a endorfina, que estão diretamente envolvidos no prazer sexual.

Oleaginosas (castanhas do Pará, Nozes, Amêndoas) – ricas em arginina, que induz a vasodilatação por aumentar a produção de óxido nítrico, responsável pelo prazer sexual nas mulheres e ereção nos homens.

Soja – assim como as oleaginosas, é umas das principais fontes de arginina, ou seja, auxilia no prazer sexual nas mulheres e na ereção nos homens.

Pimentas – (principalmente caiena e malagueta) – ajudam no relaxamento da vagina, e na vasodilatação do pênis.

Romã – A romã é um dos alimentos considerados mais completos e tem benefícios pra fertilidade, sexualidade e até depressão.
Aumenta a produção de óxido nítrico, o que contribui para vasodilatação do pênis. Estudos mostraram que o suco de romã é capaz de melhorar a disfunção erétil em homens.
Nas mulheres, aumenta o desejo sexual e também ajuda a manter as concentrações de estrógenos equilibradas (o que é bem importante para mulheres na menopausa)

Melancia – Para mulheres melhora a vasodilatação (relaxamento da vagina). Para homens, estudos mostraram que o suco de melancia tem um efeito semelhante ao Viagra, por melhorar a vasodilatação (que causa a ereção), e por melhorar a concentração de esperma.

Semente de abóbora – rica em magnésio, que é importante na produção de óxido nítrico, que melhora a circulação, promovendo maior prazer sexual em homens e mulheres. O magnésio tem demonstrado um efeito benéfico em casos de homens com ejaculação precoce.

Vinho tinto – rico em antioxidantes que combatem os radicais livres, com isso sobra mais zinco para a produção de testosterona.

Mexilhão, Anchovas – considerados afrodisíacos – são ricos em zinco, estimulam a produção de testosterona.

Curry – ricos em antioxidantes, que combatem os radicais livres, deixando mais zinco livre para a produção de testosterona.

Frutas Vermelhas (amora, framboesa, mirtilo) – ricos em antioxidantes, que combatem os radicais livres, deixando mais zinco livre para a produção de testosterona.

Dicas para manter o desejo sexual em alta por muito tempo:

*Evite cigarros
*Evite refrigerantes
*Evite o consumo exagerado de bebidas alcoólicas
*Seja feliz! Quando possível, evite o uso de antidepressivos.
*Tenha uma alimentação rica em ômegas 3 (salmão, sardinha, linhaça, sementes de chia)
*Tenha uma dieta pobre em carboidratos refinados (arroz branco, pão, massas em geral, doces)
*Consuma 30gr de chocolate com mais de 70% cacau por dia
*Utilize os alimentos afrodisíacos sempre que possível.

Conteúdo RUNNERS